'Ir à igreja e odiar as pessoas é uma vergonha', diz Papa Francisco

Por Metro Jornal com Ansa

O papa Francisco afirmou nesta quarta-feira (2), durante sua primeira audiência geral de 2019, que é uma "vergonha" ir à igreja e "odiar os outros".

A missa ocorreu na Sala Paulo VI, no Vaticano.

"Quantas vezes nós vemos o escândalo daqueles que vão à igreja, ficam o dia inteiro ali, todos os dias, e depois vivem odiando os outros ou falando mal das pessoas? Isso é um escândalo, vivem como ateus", acusou.

Leia mais:
VÍDEO: Oito pessoas ficam presas em brinquedo na França
SPC: juntar dinheiro e sair do vermelho são as principais metas financeiras para 2019

Segundo Francisco, se um fiel vai à igreja, deve "viver como filho e dar bom testemunho". "Há gente capaz de tecer orações ateias, sem Deus. Fazem isso para ser admirados pelos homens", acrescentou, dizendo também que muitos cristãos pensam que rezar seja "falar a Deus como um papagaio".

"Não, se reza com o coração, a partir de dentro", afirmou.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo