Número de praias impróprias para banho dobra em São Paulo

Por BandNews FM

O número de praias paulistas impróprias para o banho dobrou neste fim de ano em relação ao passado. Segundo a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), cerca de 40% dos locais monitorados estão contaminados.

Segundo a gerente do Setor de Águas Litorâneas da Cetesb, Claudia Lamparelli, a explicação é que as chuvas deste ano levaram mais dejetos para o litoral.

Em 2017, o número equivalia a 20% do total de praias monitoradas pelo órgão.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo