Manifestação contra Reforma da Previdência tem quebra-quebra na Câmara de SP

Por Metro Jornal com BandNews FM

Manifestantes e a Guarda Civil Metropolitana da Câmara Municipal de São Paulo entraram em confronto, na tarde desta quarta-feira (26), durante manifestação contra a Reforma da Previdência Municipal.

A confusão aconteceu do lado de fora da Casa. O projeto foi aprovado hoje em uma 2ª e definitiva votação no Plenário.

A GCM usou bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta para dispersar o protesto dos servidores.

Os manifestantes revidaram com pedras e garrafadas e o portão da Câmara Municipal foi derrubado.

Leia mais:
Em meio a protestos, Câmara aprova Reforma da Previdência Municipal

Na última sexta-feira, a reforma foi aprovada em primeira votação pelos vereadores.

A proposta da Prefeitura de São Paulo prevê um aumento da alíquota de contribuição dos funcionários públicos de 11% para 14%.

Manifestantes e assessores dos parlamentares registraram o quebra-quebra nas redes sociais.

Veja alguns vídeos:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo