Piloto profissional bate dentro de condomínio e jovem morre

Por Estadão Conteúdo

O piloto de GT3 Luca Seripieri Filho, de 19 anos, se envolveu às 14h de sábado em um acidente no condomínio Quinta da Baronesa, em Bragança Paulista (SP). Ele dirigia um Mini Cooper quando bateu em uma árvore.

No veículo, com ele, estavam quatro estudantes entre 18 e 20 anos – que foram socorridos e posteriormente levados ao Hospital Sírio Libanês, na capital. Thais Marmo Novak, de 18 anos, não resistiu e morreu ontem. Outras vítimas não correm risco.

Leia mais:
Homem morre eletrocutado ao tentar furtar fios na Vila Prudente
Investigações contra João de Deus não param durante feriado; já são quase 600 denúncias

O caso foi registrado pela Polícia Civil inicialmente como lesão corporal culposa e posteriormente como homicídio culposo – e está sob investigação. Luca é filho de José Seripieri Junior, fundador da Qualicorp. A família Seripieri lamentou a morte de Thais.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo