Operação Ubirajara mira policiais militares ligados à facção criminosa PCC

Por Metro Jornal com Rádio Bandeirantes

A Corregedoria da Polícia Militar e o Gaeco cumprem 54 mandados de prisão preventiva contra policiais militares e 5 de prisão temporária contra integrantes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), na manhã desta terça-feira (18), em uma delegacia na zona sul de São Paulo.

A operação foi batizada de Ubirajara e tenta localizar suspeitos de tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção. Além das prisões, a ação cumpre 86 mandados de busca e apreensão.

Leia mais:
Concessionária diz que aeroporto de Guarulhos foi normalizado
Pente fino do INSS corta quase 80% dos auxílios-doença

De acordo com a Corregedoria, todos policiais militares procurados fariam parte do 22º Batalhão da PM (Polícia Militar), no Jardim Marajoara, próximo ao início da avenida Interlagos. Os policiais serão levados para o presídio Romão Gomes, no Tremembé, zona norte.

A investigação, que começou após interceptações telefônicas em fevereiro, acredita que os funcionários da segurança pública teriam auxiliado os trabalhos do PCC. A ação conta com a participação de promotores de Justiça e 450 policiais militares, sendo 280 corregedores e outros 170 do 2º Batalhão do Choque.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo