Manaus decreta calamidade pública após incêndio que atingiu mais de 600 casas

Por BandNews FM

Após três horas de trabalho, o Corpo de Bombeiros conseguiu controlar as chamas que atingiram mais de 600 casas em uma comunidade conhecida como Favela do Bodozal, na zona sul de Manaus. O prefeito da cidade, Arthur Neto (PSDB), anunciou decreto de calamidade pública após o incêndio na noite de segunda-feira (17).

A área atingida é de difícil acesso e os moradores reclamaram da demora para os agentes. A operação contou com o apoio de todo o efetivo da capital e reforços da Região Metropolitana de Manaus.

Leia mais:
João de Deus passa segunda noite de prisão em cela isolada; denúncias de abuso sexual passam de 500
Trem bate em ônibus e deixa 25 feridos em Curitiba; motorista teria ignorado sinal sonoro

Até o momento, a informação é de que quatro pessoas foram encaminhadas a hospitais de Manaus. A Administração Municipal não informou o número de desabrigados e desalojados. A Vila Olímpica de Manaus disponibilizou leitos para as famílias atingidas.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado, o incidente pode ter sido causado por uma explosão de uma panela de pressão. A Polícia Civil está investigando o caso.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo