Embraer e Boeing aprovam parceria para criação de nova companhia aérea

Por Metro Jornal com Rádio Bandeirantes

A Embraer e a Boeing divulgaram, na manhã desta segunda-feira (17), que aprovaram os termos da parceria que prevê a criação de uma nova companhia no mercado de aviação no país.

O próximo passo é o governo brasileiro aprovar o negócio de mais de 5 bilhões e 200 milhões de dólares.

Os termos aprovados definem que a joint venture terá participação de 80% da Boeing e 20% da Embraer.

Se aprovada pelo governo, a parceria depende ainda da aprovação dos acionistas e das autoridades regulatórias. As corporações esperam que a negociação seja concluída até o final do ano que vem, com o início do serviço em 2020.

Leia mais:
A casa vai ficar vazia nestas férias? Saiba como economizar nas contas
Cano de água potável estoura e causa vazamento no Itaim Bibi

A ideia é que a sede da empresa seja no Brasil.

A parceria deve gerar anualmente sinergias de cerca de 150 milhões de dólares até o terceiro ano de operação.

A Boeing vai liderar o controle operacional e de gestão da nova empresa, enquanto a Embraer vai responder por "temas estratégicos".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo