'Pena de morte não fez parte da minha campanha', diz Bolsonaro

Por Metro Jornal

O presidente eleito Jair Bolsonaro disse, na manhã deste domingo (16), que a pena de morte não será debatida durante o seu governo.

Por meio do Twitter, Bolsonaro reforçou que o assunto não fez parte de sua campanha. "Assunto encerrado antes que tornem isso um dos escarcéus propositais diários", afirmou.

O post foi motivado por uma reportagem do jornal O Globo afirmar que o filho do presidente eleito, o deputado Eduardo Bolsonaro, defender a possibilidade de pena de morte para traficantes de drogas e crimes hediondos.

Com informações da Agência Brasil.

Leia mais:
Presidente da Venezuela não foi convidado para posse de Bolsonaro, diz futuro chanceler
Lampião: homenagem a herói ou bandido? A polêmica estátua que divide cidade pernambucana

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo