Coletes amarelos vão às ruas na França no 5º sábado de protestos

Por Reuters

Milhares de manifestantes foram às ruas de cidades francesas neste sábado, no quinto final de semana de protestos em escala nacional contra o governo de Emmanuel Macron, mesmo após apelos por uma trégua.

Em Paris, as forças policiais tentam conter possíveis episódios violentos. Ainda assim, diversas lojas de grande porte, tais como a Galeries Lafayette, abriram as portas para as compras de Natal.

A mobilização está sendo baixa, em comparação com o sábado anterior, segundo uma fonte da polícia. Gás lacrimogêneo foi lançado contra pequenos grupos de manifestantes em breves confrontos com a tropa de choque perto da Champs-Elysee.

Nas proximidades, a poucos metros da residência oficial do presidente, alguns manifestantes do grupo Femen com os seios à mostra enfrentavam a polícia.

O movimento dos coletes amarelos começou em meados de novembro, com protestos em cruzamentos contra o aumento nos impostos sobre o combustível, mas rapidamente se tornou uma grande mobilização contra as políticas econômicas de Macron.

Fins de semana seguidos de protestos em Paris resultaram em cenas de vandalismo e confrontos com as forças de segurança.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo