Mais Médicos: Santo André repõe 60% das vagas dos cubanos; inscrições terminam nesta sexta

Por Cadu Proieti/Metro ABC

Esta sexta-feira (14) é o último dia para que os médicos que se inscreveram para ocupar as vagas abertas pelos cubanos no programa Mais Médicos se apresentem para trabalhar. Porém, o ABC ainda não teve 100% de reposição. Em quatro das seis cidades beneficiadas pelo projeto na região, 45 clínicos já ocuparam as 75 cadeiras, o que equivalente a 60% do total. Diadema e Rio Grande da Serra não divulgaram dados – São Caetano não aderiu o programa.

Mauá é a cidade que tinha o maior número de médicos de Cuba, 33 no total. A prefeitura informou que, até ontem, somente 14 se apresentaram e iniciaram atividades no município – 42% do total.

Em Santo André, a administração municipal diz que houve 17 inscrições  para as 18 vagas que foram abertas,  mas, até agora, só 12 médicos  se apresentaram, sendo que 11 já estão trabalhando. Os profissionais estão atendendo na Vila Guiomar, Centreville, Capuava, US Dr. Moysés Fucs, Recreio da Borda do Campo, Jardim Carla, Vila Luzita, Valparaíso e Jardim Sorocaba.

A Prefeitura de São Bernardo informou que recebeu 12 médicos, sendo 11 brasileiros e 1 peruano, que já se apresentam para as vagas dos 17 cubanos. Segundo a administração municipal, desde que os caribenhos deixaram a cidade, a Secretaria da Saúde realocou profissionais de sua rede própria para evitar o cancelamento de consultas marcadas.

Em Ribeirão Pires, dos sete profissionais que se cadastraram para atuar no lugar dos médicos de Cuba no município, somente dois médicos se apresentaram – um já trabalha e o outro começa a atender na segunda-feira.

Nos dias 18 e 19, os médicos com registro no país terão mais uma chance para escolher vagas nos municípios que ainda tiverem cargos disponíveis.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo