Assassina de estudante da Unicamp pega 18 anos

Por Metro Jornal Campinas

Maria Tereza Peregrino,  acusada de matar o estudante de engenharia Denis Papa Casagrande, de 21 anos, durante uma festa na Unicamp em setembro de 2013, foi condenada nesta quinta-feira a 18 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado. Na ocasião, ele foi esfaqueado no peito e teve anemia aguda, não resistindo ao ferimento. A decisão do júri saiu por volta das 20h.

Quem conduziu o julgamento foi o juiz da 1ª Vara do Júri, José Henrique Rodrigues Torres.

O júri presente foi composto por cinco mulheres e dois homens.

Maria Tereza Peregrino cumpre prisão preventiva no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Franco da Rocha há um ano e meio.

O julgamento se arrastou por cerca de 10 horas, já que as atividades tiveram início às 9h30.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo