Avianca garante que voos serão mantidos mesmo com pedido de recuperação judicial

Por Metro Jornal

A Avianca informou que manterá todos os voos previstos e que suas operações não serão afetadas pelo pedido de recuperação judicial. “Os passageiros podem ter absoluta tranquilidade em fazer suas reservas e adquirir seus bilhetes, pois todas as vendas serão honradas e os voos mantidos”, afirma.

No pedido de recuperação, protocolado na segunda-feira (10), a empresa mencionou o risco de deixar 77 mil passageiros sem decolar neste mês por uma potencial retomada de aeronaves por credores.

Na terça-feira (11), o juiz Tiago Henriques Papaterra Limongi, que avalia o pedido, suspendeu processos de retomada de 14 aviões, ou 30% da frota da empresa, que também continua com permissão para vender passagens aéreas.

Leia mais:
Fachada de prédio que pegou fogo no centro de SP pode desabar
Iate de Eike Batista vai a leilão nesta quinta-feira; veja fotos da embarcação que vale R$ 18 milhões

A relação com os clientes não deve mudar em casos de recuperação judicial, diz o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor). Nessa fase, a empresa não pode suspender a prestação do serviço, a não ser por falta de pagamento.

Caso haja suspensão, o consumidor deve procurar a empresa. Se o problema não for resolvido, ele pode registrar reclamação na Secretaria Nacional do Consumidor (consumidor.gov.br).

Direitos do Consumidor alteração de voo
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo