Avianca entra com pedido de recuperação judicial

Por Metro Jornal

A companhia aérea Avianca Brasil entrou com pedido de recuperação judicial na 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo.

No pedido, segundo a Reuters, a empresa afirmou que a ameaça de retomada de 14 aviões de sua frota pode forçar a quarta maior aérea do país a cancelar voos entre 10 e 31 de dezembro, o que pode atingir 77 mil passageiros. A companhia disse que encaminhou o pedido por causa de altos custos de combustíveis e processos que ameaçam a empresa com retomada de aeronaves.

Na semana passada, a Avianca foi acionada judicialmente pelo não pagamento de parcelas do arrendamento de 11 aeronaves. Na decisão, a Justiça proibiu a empresa de usar as aeronaves e determinou apreensão dos aviões.

Leia mais:
Aeroporto de Guarulhos, em SP, passa a fazer pouso e decolagens simultâneos
Governo Federal demite mais de 500 servidores neste ano; 371 foram por corrupção

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) afirmou que ainda não foi notificada sobre o pedido de recuperação judicial e que “vem solicitando os esclarecimentos necessários sobre a prestação de assistência aos passageiros que poderão ser impactados com eventual reajuste de malha”.

A Avianca também enfrenta dificuldades para pagar fornecedores e concessionárias de aeroportos. A dívida, segundo a lista de credores anexada ao processo, é de R$ 493,8 milhões, informou o Valor Econômico.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo