Papa aceita renúncia de bispo indiano acusado de ser casado

Por Ansa

O papa Francisco aceitou nesta segunda-feira (10) a carta de renúncia apresentada pelo bispo da Diocese de Cuddapah, Prasad Gallela, acusado pelos fiéis da Índia de desviar fundos da Igreja para ter "uma vida de luxo" com sua esposa e filho.

A Santa Sé relatou a decisão do Pontífice de aceitar a demissão do religioso, embora ele não tenha divulgado formalmente as razões para deixar o cargo.

Leia mais:
Brasileira desenvolve ‘caneta’ que identifica câncer em segundos
Harvard abre inscrições para curso em medicina em parceria com a FMABC

No entanto, nas últimas semanas, a imprensa local relatou que um grupo de católicos denunciou Gallela por ter uma "vida imoral".

Segundo a acusação, o bispo cometeu peculato por sustentar sua esposa e filho, com cerca de 20 anos de idades, com dinheiro desviado da diocese.

Além disso, os fiéis informaram que ele fica na igreja apenas uma semana por mês.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo