Temer decreta intervenção federal em Roraima; futuro governador será responsável

Por BandNews FM

O presidente Michel Temer se reunirá na tarde deste sábado (8) com membros do Conselho da República e do Conselho de Defesa Nacional, para tratar da intervenção federal em Roraima devido à crise na segurança pública do Estado.

Na sexta-feira (7), o governador eleito de Roraima, Antônio Denarium, foi escolhido como interventor federal no Estado até o fim do ano. Segundo o político do PSL, o convite do Planalto foi feito após a crise se agravar nos últimos dias com a greve de policiais e agentes penitenciários.

Os funcionários públicos estão com os salários atrasados há quase dois meses. Na prática, a medida antecipa a posse de Antônio Denarium, já que a atual governadora, Suely Campos, do PP, não conseguiu se reeleger e será afastada até o fim do mandato.

Leia mais:
Paulo Guedes confirma os nomes que vão compor Ministério da Economia; veja lista
As aposentadorias de militares no Brasil são mais generosas que as de outros países?

De acordo com o governador eleito de Roraima, a prioridade no período de intervenção federal será o pagamento dos salários dos servidores e, para resolver isso, haverá a antecipação de recursos federais.

Denarium disse que vai trocar todo o secretariado e também vai se reunir com Michel Temer na próxima terça-feira em Brasília para acertar os detalhes da intervenção.

Ao anunciar a intervenção federal, o presidente da República disse que a medida foi negociada com a governadora Suely Campos. Além da crise financeira, Roraima também vem recebendo imigrantes venezuelanos em massa na fronteira com o Brasil.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo