Estudantes do Morumbi pedem semáforo para pedestre após atropelamento de mãe de aluno

Por Rádio Trânsito FM

Um grupo com estudantes, professores e funcionários do colégio Miguel de Cervantes, no Morumbi, zona oeste, realiza um protesto na manhã desta sexta-feira (7) e interrompe a circulação de veículos na avenida Jorge João Saad. O ato ocorre na altura da avenida Giovanni Gronchi.

Leia mais:
Pai é sequestrado enquanto espera filha sair de entrevista de emprego em Guarulhos
Quantos dias é preciso trabalhar para poder comprar um iPhone XS no Brasil?

Os manifestantes pedem a instalação de um semáforo para pedestres na altura da escola. O protesto foi organizado após a mãe de um dos alunos da instituição ter sido atropelada na quarta-feira (5) enquanto atravessava a via. A vítima segue internada em estado grave.

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) informou que irá se reunir com a direção da escola para estudar a possibilidade de novas medidas de sinalização na avenida João Jorge Saad, altura do número 500. A via, de acordo com a companhia, já possui placas e faixas, além de duas lombadas nas imediações do colégio.

protesto miguel de cervantes Reprodução/Rádio Trânsito FM
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo