Brasil tem maior deflação para novembro desde início do Plano Real

Por Metro Jornal com Rádio Bandeirantes

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teve deflação de 0,21% em novembro, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O IPCA é o medidor oficial de inflação no Brasil.

Para um mês de novembro, foi a menor taxa desde a implantação do Plano Real, em 1994.

A variação negativa foi puxada pela energia elétrica e pelos combustíveis. “Tivemos a mudança da bandeira tarifária. Estava no patamar dois da bandeira vermelha e passou a ser amarela. Isso foi o principal”, disse o analista de Índice de Preços, Pedro Costa.

Leia mais:
Confira a cotação do dólar, euro e bitcoin nesta sexta-feira, 7 de dezembro
Pai é sequestrado enquanto espera filha sair de entrevista de emprego em Guarulhos

Já os combustíveis fizeram o preço dos transportes cair.

Por outro lado, o acumulado no ano ficou em 3,59%, acima dos 2,50% registrados em igual período de 2017.

Segundo Costa, as altas no setor de alimentação no país, especialmente do tomate, cebola e batata, foram os responsáveis por conter a queda dos preços.

O IPCA é calculado pelo IBGE desde 1980.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo