Preço da gasolina varia até 40% nos postos da cidade de São Paulo

Por Metro Jornal

O litro da gasolina encerrou a última semana de novembro com um preço médio de R$ 4,232 nos postos de São Paulo. O valor representa uma queda de 0,98% em relação à semana anterior e de 4,08% sobre o final de outubro, segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo).

O levantamento mostra que vale a pena o motorista pesquisar o preço em diferentes postos. Na capital paulista, o litro do combustível custa de R$ 3,769 e
R$ 5,299 – uma diferença de R$ 1,53 ou 40,59%. De 180 estabelecimentos, 60 vendem o combustível por menos de R$ 4.

Segundo a ANP, o valor do etanol caiu 2,27%, para R$ 2,666, na última semana, variando entre R$ 2,349 e
R$ 3,599 entre 180 postos. No mês, a queda ficou em 3,65%.

Com isso, o biocombustível é vendido, em média, por 63% do preço gasolina e segue mais vantajoso que o derivado do petróleo. O etanol é mais econômico se custar até 70% do preço da gasolina. 

A queda do preço da gasolina cobrado nas bombas ocorre após sucessivos cortes promovidos pela Petrobras em suas refinarias.

Os repasses ao consumidor, no entanto, ficaram bem abaixo das reduções anunciadas pela estatal. Em meio a uma forte queda no preço do petróleo, a Petrobras reduziu os preços nas refinarias em 20% em novembro. Nas bombas, o valor médio nacional caiu apenas 4,33% no período.

Na sexta-feria, a petroleira anunciou um aumento de 2,2% no preço médio da gasolina nas refinarias, para R$ 1,5339 por litro, a partir de sábado, na primeira alta para o combustível desde meados de setembro.  

arte preço nas bombas Arte / Metro Jornal
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo