Estados Unidos e China suspendem guerra comercial por 90 dias

Por Metro Jornal

A China e os Estados Unidos concordaram em não aplicar tarifas adicionais, em um acordo que evita que a guerra comercial cresça, no momento em que ambos os lados tentam resolver as divergências em novas negociações que visam a alcançar um acordo dentro de 90 dias.

A Casa Branca disse no sábado que o presidente dos EUA, Donald Trump, falou ao presidente chinês, Xi Jinping, durante negociações de grande importância na Argentina, onde aconteceu a reunião do G20, que ele não aumentará as tarifas sobre US$ 200 bilhões em bens chineses para 25% em 1º de janeiro, como anunciado anteriormente.

Leia mais:
Conta de luz terá bandeira verde em dezembro, sem extra
Somente 1,5% da sucata ferrosa é reciclada no Brasil

Pequim, por sua vez, concordou em comprar uma quantidade não especificada, mas “muito substancial”, de produtos agrícolas, energéticos e industriais, disse a Casa Branca em comunicado.

Caso não se chegue a um acordo dentro de 90 dias, ambos os lados concordaram que as tarifas de 10% serão elevadas para 25%, disse a Casa Branca.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo