Após elevação, Covas descarta demolir viaduto na marginal Pinheiros

Por Metro Jornal

Uma semana antes do previsto, a Prefeitura de São Paulo terminou no domingo (2) a elevação do viaduto que cedeu cerca de dois metros na marginal Pinheiros (zona oeste) há pouco mais de duas semanas, fechando a pista expressa da via.

Com isso, o prefeito Bruno Covas (PSDB) estima que em 15 dias deve concluir os estudos para determinar a melhor forma de recuperação e em quanto tempo o viaduto será devolvido à população.

Covas disse que a demolição, que ainda vinha sendo cogitada, agora está 100% descartada. “Com o resultado do macaqueamento, a gente já consegue prever isso. Essa ainda era uma hipótese que a gente levava em consideração, o que significaria mais prazo para poder fazer a demolição e a construção de um novo viaduto.”

Leia mais:
Navio que chegava ao porto de Santos é atacado por ‘piratas’; embarcação levava cocaína
Operação em SP mira sonegação de ICMS na venda de óleo diesel

O prefeito afirmou que o trabalho tinha três etapas para que se pudesse ter noção clara de qual obra seria feita no local: o escoramento do viaduto, a construção das estacas e o macaqueamento, que era erguer a estrutura. A ponte não ficou totalmente alinhada, mas Covas esclareceu que esse era o resultado previsto, pois o macaqueamento não é o conserto da estrutura, mas sim uma fase para avaliar qual obra será necessária para isso. “Agora sim vamos ter um prazo para dar às pessoas”, disse.

O trabalho foi iniciado no sábado (1º), com o uso de seis macacos hidráulicos instalados sob o viaduto, com capacidade para 300 toneladas cada um. A elevação foi de início bem lenta, feita a cada centímetro, para avaliar o impacto sobre a estrutura. O bom resultado inicial permitiu que os macacos fossem erguidos mais rapidamente e, no primeiro dia, a estrutura já tinha sido elevada em um metro.

Os trens da linha 9-Esmeralda da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) não circularam entre as estações Cidade Universitária e Villa Lobos-Jaguaré enquanto os trabalhos eram realizados, para evitar riscos. A ciclovia da marginal Pinheiros também ficou fechada no período.

Com o encerramento dos trabalhos, os trens voltaram a circular normalmente no domingo.

antes e depois viaduto marginal macaqueamento
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo