Sushiman foi atingido por PMs nas costas, aponta laudo; inquérito investiga excesso policial

Por Metro Jornal

Um laudo necroscópico apontou que Leandro Santana dos Santos, de 26 anos, morreu após ser atingido por quatro tiros nas costas. O sushiman foi morto pela PM (Polícia Militar) após um surto no restaurante em que trabalhava no Itaim, zona sul, no dia 21 de novembro.

Ele teria ameaçado funcionários e clientes com uma faca antes de ser alvejado pelos policiais, que afirmam ter agido em legítima defesa. A Ouvidoria da Polícia apura se houve excesso de conduta por parte dos policiais.

Leia mais:
Prefeitura autoriza circulação de táxis sem passageiros em três corredores exclusivos de ônibus
Mulher com câncer é atacada ao ser confundida com homem gay

Se comprovado que não foi um ato de legítima defesa, os policiais poderiam ser responsabilizados pela morte. Caso contrário, o caso será arquivado.

Nos próximos dias, a polícia vai ouvir funcionários do restaurante para entender o que teria levado Leandro a ter um surto de raiva. Depois, será a vez do depoimento dos policiais.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo