Estações do metrô oferecem testagem rápida de HIV a partir desta terça-feira

Por Metro Jornal com BandNews FM

Boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (27) pelo Ministério da Saúde revela que, de 2007 até junho de 2018, foram notificados quase 250 mil casos de infecção pelo vírus da Aids no Brasil. Segundo o documento, 73% dos novos infectados por HIV no Brasil são do sexo masculino, com idades entre 15 e 39 anos.

Em 2017, houve o registro da maior queda na mortalidade da doença. Para o Ministério da Saúde, a redução se deve à introdução do coquetel e medicações pós-exposição e pré-exposição ao HIV, além da melhoria do diagnóstico com os testes rápidos no SUS.

Como parte da programação municipal do Dia Mundial de Luta Contra Aids, que acontece no dia 1º de dezembro, a Secretaria Municipal de Saúde oferece, a partir de hoje, testes rápidos de HIV nas estações Luz, da linha 4-Amarela, Capão Redondo e Campo Limpo, da linha 5-Lilás.

Leia mais:
Secretaria de Habitação realiza Feirão de Imóveis neste final de semana
Mulher com câncer é atacada ao ser confundida com homem gay

A testagem é feita por meio de fluido oral, sem a necessidade de coleta de sangue, e fica pronta em cerca de 20 minutos. O resultado é dado de forma isolada e sigilosa por um profissional capacitado. A SMS garante que todo o processo é seguro e gratuito.

A ação ocorre no lado de fora das estações, na unidade móvel do programa DST/AIDS.

SERVIÇO – Testagem rápida de HIV
27 de novembro – Estação Capão Redondo
29 de novembro e 4 de dezembro – Estação Luz
7 de dezembro – Estação Campo Limpo

Das 10h às 16h na área externa das estações. Cadastro e coleta até às 15h30.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo