Livraria Saraiva entra com pedido de recuperação judicial

Por BandNews FM

Depois de fechar quase 20 lojas, a rede de livrarias Saraiva, a maior do país, entrou com pedido de recuperação judicial nesta sexta-feira (23). A empresa divulgou um comunicado em que afirma ter dívidas de R$ 674 milhões.

A rede teve início em 1914 e vinha tentando renegociar os débitos com os credores, sem sucesso. O pedido ocorre cerca de um mês depois de outra grande empresa do setor, a Livraria Cultura, entrar com o mesmo pedido.

Leia mais:
Curiosidades numéricas sobre a Black Friday no Brasil
Prefeitura de São Paulo quer cremar ossadas sem identificação de cemitério na zona leste

Desde o início do ano a Saraiva deu sinais de dificuldade financeira, quando atrasou pagamentos à editoras de livros. No segundo semestre, a empresa fechou 19 lojas – oito tradicionais e outras 11 da rede iTown, especializada em produtos Apple. Cerca de 700 funcionários foram demitidos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo