Professora que entregava drogas em presídio é presa em Ribeirão Preto

Por Metro Jornal

Uma mulher foi contratada para dar aulas para os presos na Penitenciária de Ribeirão Preto, interior de São Paulo. A professora atuava como temporária por meio de um convênio da Secretaria Estadual de Educação. Mas ela não estava lá para ensinar, não.

A interação dela com os presos era estranha e a polícia resolveu investigar. Na quarta-feira (21), a professora foi presa enquanto tentava entrar com drogas na penitenciária. Ela levava cocaína, estimulantes sexuais, bilhetinhos para seus "alunos" encarcerados e até um celular.

Leia mais:
Brasil e Argentina fazem operação de combate à pedofilia
O mistério da morte de John Chau, o americano recebido a flechadas por aborígenes ao entrar em ilha proibida

Na casa da professora, a Polícia Civil encontrou sete porções de maconha embaladas em formato de palmilha de tênis.

A mulher tinha um esquema: entrava com as drogas no tênis, ia até o banheiro e lá colocava no meio do material de aula.

E ela não estava sozinha. Um agente penitenciário e outras duas pessoas já foram identificados como suspeitos de integrar a rede.

A professora traficante foi presa pelos crimes de trafico de drogas e associação ao tráfico.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo