Com queda de viaduto, marginais terão policiamento reforçado

Por Metro Jornal com BandNews FM e Rádio Bandeirantes

Ficou curioso com o viaduto que cedeu na marginal Pinheiros? Vai passar pela região e pretendia aproveitar para tirar uma foto do viaduto? É melhor ficar atento.

Isso porque o policiamento foi reforçado nas duas marginais.

Policiais militares fiscalizam o número de motoristas com o celular na mão para fotografar a estrutura danificada. O número de curiosos diminuiu, segundo policiais responsáveis pelo controle do trânsito na região, mas os agentes seguirão no local fazendo sinal de passagem para evitar desacerelamento por causa disso.

A ansiedade de ver a novidade ingrata da cidade de São Paulo é tão grande que os agentes da CET e os guardas de trânsito às vezes são obrigados a irem para o meio da pista e pedir para todos andarem.

Os motoristas chegam a estacionar o carro no recuo em frente ao trecho que cedeu para fazer selfies.

Leia mais:
Prefeitura localiza engenheiro responsável pelo viaduto que cedeu na marginal; entenda como a gestão Covas tenta resolver o problema
Marginal Pinheiros fechada terá prova de fogo; veja caminhos alternativos
Trânsito fica acima da média no primeiro dia útil após interdição na marginal Pinheiros; veja rotas alternativas

Para evitar essa atitude, a prefeitura instalou tapumes de madeira, que dificulta a visão, mas não evita.

Como o viaduto é alto, basta se esticar um pouco que é possível ver o desnível.

Quem passa no quilômetro três e meio da Marginal Pinheiros não tem vergonha de falar que para mesmo – afinal, segundo os motoristas, infelizmente o viaduto se tornou um novo ponto turístico da capital.

A reportagem da Rádio Bandeirantes chegou a flagrar um acidente por causa da curiosidade dos motoristas. Uma pessoa praticamente estacionou o carro na pista da esquerda da Marginal Pinheiros para tirar uma foto e o veículo atrás não percebeu a freada e bateu.

Agentes foram colocados em pontos estratégicos, como nas entradas das vias e também sobre as pontes.

De acordo com o major Marcos Cunha, do Comando de Policiamento das Marginais, o objetivo é aumentar a segurança nas vias de maior fluxo de veículos.

A ação começou na última quinta-feira (15) e não tem prazo para terminar.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo