Traficante internacional, Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil

Por Rádio Bandeirantes

O brasileiro Marcelo Pinheiro Veiga, conhecido como Marcelo Piloto, acusado de tráfico internacional de drogas, falsidade ideológica e homicídios, chegou na manhã desta segunda-feira (19) em Foz do Iguaçu, no Paraná.

Ele foi extraditado do Paraguai para o Brasil. Segundo a imprensa local, o criminoso deixou o país em uma aeronave do Grupo Aerotático da Força Aérea Paraguaia às 5h05 da manhã (horário de Brasília).

Leia mais:
Bombeiros registram quatro mortes por afogamento nas represas de SP
Polícia investiga arrastão em prédio do Morumbi; ex-funcionários são suspeitos

Piloto fugiu do Brasil depois de ser condenado a 26 anos de prisão. A extradição dele foi cercada de sigilo e segurança envolvendo três barcos de patrulha das Forças Operacionais Especiais de Polícia.

No sábado (17), Marcelo Piloto esfaqueou uma jovem de 18 anos que foi visitá-lo ao menos 17 vezes na cela em que estava, em Assunção, capital paraguaia.

Marcelo Pinheiro Veiga foi preso na cidade de Encarnación, no Paraguai, em 2017, depois que descobriram que ele estava usando documentos falsos. A Polícia Federal brasileira recebeu ele em Cuidad del Leste, que fica na fronteira.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo