Saiba qual a melhor data para comprar bilhete aéreo

Por Band News FM

A recente queda do dólar, que recuou mais de 8% no mês de outubro, faz deste um bom momento para quem quer garantir a passagem aérea para destinos internacionais. Segundo o economista e editor do site Melhores Destinos, Leonardo Cassol, a dica vale especialmente para Estados Unidos, Europa e Ásia.

“Como o dólar diminuiu, o preço em reais está bem atrativo. A gente hoje encontra, por exemplo, passagens saindo de várias cidades do Nordeste por R$ 1.200 já com a taxa de embarque. Esse valor a gente não vê há muitos anos”, afirma o economista.

A gerente-geral do comparador de preços Voopter, Juliana Vital, destaca que há muitas ofertas, principalmente, para locais em que está frio agora. “A média para Nova York é acima de R$ 2 mil, então R$ 1.700 é um preço muito bom, e para viajar em novembro e dezembro há bastante oferta em torno desse preço. Amsterdã costuma custar de R$ 2.300 para cima; hoje, para viajar no final de dezembro ou no início do ano que vem, auge do inverno lá, dá para encontrar passagens por R$ 1.400”, exemplifica.

Os preços são para passagens de ida e de volta, mas para datas não muito próximas das festas de fim de ano. E é preciso, sempre, fazer muita pesquisa.

Mas não é só o dólar que tem impacto no preço das passagens. “A demanda está subindo, a ocupação certamente vai subir e, quando chegar no momento em que a ocupação satisfizer as companhias aéreas, os preços vão aumentar”, afirma Cassol.

A antecedência “ideal” para compra varia de acordo com o destino. “Para voos nacionais, o melhor é comprar a passagem de 30 a 45 dias antes da data de voo; para voos internacionais, entre 60 e 80 dias antes”, diz Juliana.

Até o dia da semana tem interferência no preço, segundo Juliana. Geralmente, é mais barato viajar de terça e quinta.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo