PF faz buscas sobre pagamento de propina ao senador Romero Jucá

Por Metro Jornal com Reuters

A Polícia Federal cumpre nove mandados de busca e apreensão no Estado de São Paulo na manhã desta quinta-feira (8). A ação faz parte de uma investigação que levanta o suposto pagamento de propina ao senador Romero Jucá (MDB-RR). Segundo a PF, Jucá teria recebido 4 milhões de reais da Odebrecht para viabilizar edições em uma resolução do Senado sobre a "guerra fiscal dos portos", em 2012.

A ação foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, que investiga Jucá com base nas delações de executivos da Odebrecht, incluindo o ex-presidente da empresa Marcelo Odebrecht.

Segundo documento disponível no site do STF, a empresa Braskem, que é uma sociedade entre a Odebrecht e a Petrobras, combinou pagamento de propina a Jucá em troca de apoio na tramitação da Resolução 72 do Senado.

Procurada pela Reuters, a assessoria do senador não comentou a operação. A Odebrecht também não respondeu.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo