MP entra com ação contra secretário por morte de criança em enchente

Por Metro Jornal

O MP (Ministério Público) entrou com ação que foi aceita pela Justiça na qual pede sanções ao secretário municipal da Habitação, Fernando Chucre, e ao subprefeito da Lapa, Carlos Eduardo Batista Fernandes, devido à morte de uma criança de um ano e oito meses em março deste ano por causa de enchente que destruiu casas nas margens do córrego Água Branca.

Para o MP, o episódio poderia ter sido evitado caso os réus tivessem impedido a ocupação em área de risco e  removido os moradores de lá, atendendo “suas necessidades mais básicas”.

Em nota, a prefeitura informou que a área foi  ocupada e desocupada pelo município  diversas vezes desde 2011, “mesmo diante dos constantes alertas pelo poder público sobre o risco do local”. Ao longo de 2017, segundo a prefeitura, houve providências para a desocupação pacífica da área e ontem, cumprindo decisão judicial, o terreno foi desocupado.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo