Brasileiro que matou tios e primos na Espanha é condenado pela Justiça

Por Ansa

Um júri popular na Espanha condenou o brasileiro François Patrick Nogueira Gouveia, de 22 anos, por assassinar um casal de tios e seus dois filhos em Pioz, cidade situada na província de Guadalajara, centro do país.

O crime ocorreu em 17 de agosto de 2016, e a pena ainda será definida pela Justiça. O brasileiro é réu confesso e pediu tratamento para "mudar". "Peço perdão", disse ele durante o julgamento.

Segundo a acusação, Gouveia foi até a casa onde seus tios viviam, com o propósito de assassiná-los. Ele degolou a tia na cozinha da residência e em seguida foi ao encontro dos primos, de um e quatro anos de idade, também matando-os com cortes no pescoço.

O brasileiro esquartejou a mulher e guardou os pedaços em sacolas plásticas, assim como os corpos das crianças, que não foram desmembrados. Gouveia então limpou a casa enquanto esperava o tio, que foi morto a facadas e esquartejado assim que chegou.

O crime só foi descoberto um mês depois. A defesa do brasileiro alega "transtornos mentais" para justificar o múltiplo homicídio.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo