Atirador mata duas mulheres durante aula de yoga na Flórida

Por Reuters

Duas mulheres foram mortas quando um atirador abriu fogo em um estúdio de yoga na Flórida antes que alunos entrassem em briga contra o responsável pelo ataque, que se suicidou em seguida, disse a polícia neste sábado.

As mulheres, identificadas como Nancy Van Vessem, 61, e Maura Binkley, 21, morreram a tiros na tarde de sexta-feira, quando Scott Beierle, 40, abriu fogo sobre o estúdio Hot Yoga, em um shopping center na capital da Flórida, Tallahassee, disse o departamento de polícia da cidade em comunicado.

Quatro pessoas ficaram feridas com o ataque, além de um homem que levou uma coronhada do atirador, disse o Departamento de Polícia de Tallahassee.

“Há indícios de que várias pessoas não apenas lutaram (contra o atirador), mas tentaram salvar outras pessoas”, disse o chefe de polícia Michael DeLeo a jornalistas.

Dois dos feridos estão em condições estáveis e três já foram liberadors de um hospital local, segundo a polícia.

O atirador parece ter agido sozinho e a polícia tem procurado por ligações entre ele e as vítimas, adicionou Deleo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo