Bolsonaro vai doar dinheiro de campanha que sobrou para Santa Casa de Juiz de Fora

Por Metro Jornal

O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira (30) em publicação na rede social Twitter que irá doar o dinheiro arrecadado não gasto de sua campanha para a Santa Casa de Juiz de Fora, em Minas Gerais. O hospital fez uma operação emergencial ao então candidato do PSL, que foi esfaqueado em um comício da cidade mineira no início de setembro.

“Nossa campanha custou cerca de R$ 1,5 milhão, menos que a metade do que foi arrecadado com doações individuais. Pretendo doar o restante para a Santa Casa de Juiz de Fora, onde nasci novamente. Acredito que aqueles que em mim confiaram estarão de acordo. Muito obrigado a todos!”, declarou.

Na página de divulgação de contas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a quantia arrecadada durante a campanha foi de R$ 4,15 milhões – a maior parte por financiamento coletivo. Já as despesas declaradas foram de R$ 2,45 milhões – o referente a 59% do dinheiro disponível. Os dados são desta terça-feira.

Pelas contas, o valor a ser doado à Santa Casa de Juiz de Fora é de R$ 1,7 milhão. A quantia, porém, não foi confirmada pelo presidente eleito ou seu partido.

Leia mais:
Senado faz consulta pública sobre plebiscito de revogação do Estatuto do Desarmamento; como votar
Pharrell Williams abre pedido judicial para que Trump não use suas músicas

Relembre o caso

Jair Bolsonaro foi esfaqueado por Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, no dia 6 de setembro. Ele participava de um comício em Juiz de Fora e era carregado por admiradores quando foi atingido por uma faca de churrasco.

Ele foi socorrido e levado às pressas ao hospital, onde passou por uma cirurgia de emergência. Na manhã seguinte, uma sexta-feira, foi transferido ao hospital Albert Einstein, na cidade de São Paulo. Durante a recuperação, Bolsonaro chegou a passar por outra operação. Ele teve alta no dia 29 de setembro.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo