Bolsonaro quer juiz Sérgio Moro na Justiça ou no STF

Por Band

No dia seguinte à eleição em que foi escolhido como novo presidente por mais de 57 milhões de eleitores, Jair Bolsonaro (PSL) não teve compromissos oficiais e passou o dia descansando com a família, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio. Em entrevistas na última segunda-feira (29), à TV Globo e ao “Jornal da Band”, o capitão reformado disse que tem planos para o juiz Sérgio Moro em seu governo, como possível ministro da Justiça ou em vaga do STF (Supremo Tribunal Federal).  “Pretendo conversar com ele brevemente, e já foi feita a sinalização positiva”, garantiu.

Leia mais:
Bolsonaro negocia com Temer votação de reforma da Previdência ainda este ano
Veja entrevista de Jair Bolsonaro no primeiro dia após a eleição

Bolsonaro disse ainda que quer priorizar as reformas, como a da Previdência, pretende reduzir ministérios e conseguir aprovar a redução da maioridade penal a pelo menos 17 anos. Ele diz que “quer governar pelo exemplo” e afirma: “Quero o bem de todos, não só de quem votou em mim”.

Também pretende reduzir impostos: “A proposta do Paulo Guedes [futuro ministro da Economia] é a redução de impostos, até porque, como está, o Brasil não tem como ir para frente. Ao diminuir impostos, podemos gerar empregos”.

Hoje, uma reunião vai definir os membros da equipe de transição, que começam a trabalhar já na próxima semana em Brasília, quando Bolsonaro deve ir à capital federal se encontrar com o presidente Michel Temer (MDB). Ele também já começa a definir uma agenda de viagens internacionais. O primeiro destino será o Chile, e depois, Estados Unidos e Israel.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo