Explosão em colégio na Crimeia deixa 10 mortos; Rússia suspeita de terrorismo

Por Ansa

Uma explosão atingiu nesta quarta-feira (17) o Instituto Politécnico de Kerch, na Crimeia, e deixou pelo menos 10 pessoas mortas e 70 feridas, das quais 20 foram hospitalizadas.

Leia mais:
Policial militar é morto durante tentativa de assalto em São Paulo
Preço do aluguel em São Paulo já supera a inflação

O balanço é do centro de emergência da península, citado pela agência de notícias russa "Tass". O incidente aconteceu no período da tarde e teria sido registrado no refeitório do colégio técnico. Também há relatos de tiros dentro do instituto.

Inicialmente a imprensa local falou em um vazamento de gás, mas o Comitê Nacional Antiterrorismo diz que a explosão foi causada por um "artefato" ainda não identificado. O objeto teria "elementos metálicos", segundo a comissão, que abriu um inquérito por "ato terrorista".

A Crimeia pertencia à Ucrânia e foi anexada pela Rússia em 2014, o que levou o país a ser removido do então G8 e provocou uma série de sanções internacionais contra Moscou. Kerch é a cidade que abriga a ponte que conecta fisicamente a península à Rússia, inaugurada em maio passado, apesar dos protestos de Kiev.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo