PF vai investigar ameaças contra ministra Rosa Weber

Por Band News FM

A Polícia Federal determina a abertura de um inquérito após a presidente do Tribunal Superior Eleitoral, a ministra Rosa Weber, receber mensagens em tom de ameaça nas redes sociais.

Além disso, as autoridades reforçaram a segurança da magistrada.

Em um recado enviado ao portal do TSE, um apoiador do candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro, afirma que ele está matematicamente eleito e que haverá uma revolta popular se as urnas não confirmarem o resultado.

Além disso, o usuário afirmou também que Rosa Weber "vai ver o povo na rua e os caminhoneiros parando este Brasil até que tenha novas eleições e com voto impresso".

A mensagem termina falando para a magistrada "ficar de olho" e que, "com todo o respeito, é só um aviso".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo