Partido do 'centrão', Progressistas declara isenção de apoio a Bolsonaro e Haddad

Por BandNews FM

O partido Progressistas (PP) divulgou nesta terça-feira (9) um documento em que declara que manterá postura de “absoluta isenção e neutralidade” no segundo turno das eleições presidenciais, disputado entre os candidatos do PT, Fernando Haddad, e do PSL, Jair Bolsonaro.

A legenda integra o chamado bloco do "Centrão" e no primeiro turno do pleito havia participado da coligação do candidato do PSDB, Geraldo Alckmin. A vice de Alckmin na chapa, senadora Ana Amélia, é do Progressistas.

Na tarde desta terça, a executiva nacional do PSDB fará uma reunião em Brasília para definir o apoio. O PSB também vai reunir os membros do colegiado para analisar os resultados eleitorais do primeiro turno das eleições gerais deste ano e deliberar sobre a posição do partido para o segundo turno do pleito presidencial.

Em nota, o partido Novo disse que não vai apoiar nenhum candidato à Presidência, mas que é “absolutamente contrário ao PT”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo