Resultado parcial da Nova Zelândia mostra segundo turno entre Bolsonaro e Ciro, mas TSE faz alerta

Por Metro Jornal com Estadão Conteúdo

As fotos e vídeos que circulam nas redes sociais mostrando dados de apuração de urnas no exterior são verdadeiros, mas refletem resultados extremamente parciais. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) explicou que, assim que a votação é concluída em uma seção eleitoral, o chefe da seção imprime um boletim e o fixa na porta. São imagens desses boletins que estão circulando nas redes. O resultado final das eleições, no entanto, só será divulgado na noite de hoje, com os votos de todas as urnas no Brasil.

O tribunal alerta que esses boletins são de seções eleitorais. Há países com somente uma e outros, como Estados Unidos e China, com mais seções. Ou seja, cada extrato é de uma seção específica e não da totalidade do país.

Na Nova Zelândia, onde a votação já acabou, o boletim foi o seguinte:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo