Haddad: 'Tem gente que acha que ganha eleição sem se expor'

Por Portal da Band com BandNews FM

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, afirmou ter “muita fé” de que irá para o 2º turno e minimizou o seu índice de rejeição. O petista deixou sua seção eleitoral em um colégio da zona sul de São Paulo aplaudido e sob gritos de apoio.

"Primeiro, nós queremos um dia de tranquilidade, de paz, de respeito à diversidade. Segundo, nós temos uma confiança muito grande de que nós teremos 2º turno, e isso é muito bom para o Brasil, porque você tem mais tempo de comparar projetos, de diferenciar propostas", disse.

Ao lado da esposa, Ana Stela, o petista criticou candidatos que têm receio de se expor. “Tem gente que não quer que tenha 2º turno porque não quer que exista comparação. Que acha que é mais fácil ganhar eleição sem se expor. A exposição, às vezes, prejudica um candidato que não tenha proposta", disse. Pouco antes, o presidenciável pelo PSL, Jair Bolsonaro, afirmou estar confiante em um vitória já no primeiro turno após votar na zona oeste do Rio de Janeiro.

Questionado sobre o elevado índice de rejeição, o ex-prefeito de São Paulo afirmou que é natural que os dois primeiros colocados nas pesquisas concentrem a maior porcentagem. Na sequência, Haddad disse se considerar um democrata “desde que nasceu” e que reconhecerá o resultado da eleição, seja ele qual for. “Democracia você celebra não é a vitória ou a derrota, você celebra a vitória popular."

Após deixar o colégio eleitoral na zona sul de São Paulo, o político seguiu para sua casa, onde terá um almoço de família. Ele disse à imprensa que à tarde irá para um hotel no bairro do Paraíso para acompanhar a apuração.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo