Eduardo Bolsonaro pede que eleitores façam lives em urnas com problemas

Por Portal da Band

Um dos filhos do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) pediu que os eleitores gravem ou façam uma transmissão ao vivo caso tenham problemas com urnas eletrônicas durante a votação. O ato é proibido por lei e configura como crime eleitoral.

Eduardo Bolsonaro (PSL), que tenta se reeleger na Câmara dos Deputados por São Paulo, fez o pedido em sua conta no Twitter. "Prezados, em caso de problemas com a urna filmem, de preferência gravem lives e falem o Estado, zona e seção onde está ocorrendo o problema”, escreveu.

Segundo indica a Lei Eleitoral 4737/65, é crime fotografar ou filmar o momento da votação. É proibido tirar qualquer foto, selfies e gravar vídeos. A lei foi criada com o intuito de proteger o sigilo do voto, impedindo, inclusive, que os eleitores fotografem as urnas para comprovar, por exemplo, o voto em determinado candidato.

 

 

Eduardo Bolsonaro tuíte

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo