Confiante em vitória no 1º turno, Bolsonaro compara PT à Venezuela

Por Portal da Band com BandNews TV

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, se mostrou confiante que vencerá no primeiro turno após votar na Escola Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, zona oeste da capital fluminense.

Acompanhado do filho Flávio, que tenta uma vaga no Senado Federal pelo Rio de Janeiro, de um enfermeiro e de seguranças da Polícia Federal (PF), o militar defendeu seus valores de campanha e afirmou que seu eleitorado se afasta do socialismo. “Não queremos amanhã, ser o que a Venezuela é hoje”, disse.

O presidenciável falou ainda sobre a recuperação após o atentado a faca que sofreu no início de setembro, em Juiz de Fora (MG), e que o deixou 23 dias "fora de combate". Segundo ele, a recuperação é deliciada e com muitos cuidados. Mesmo assim, o candidato afirmou que pretende percorrer o país durante o segundo turno. “Pretendo rodar o Brasil, fazer o que eu sempre fiz, mesmo sabendo do risco”, falou.

Bolsonaro reconheceu também as dificuldades caso vença as eleições presidenciais: "Quem sentar naquela cadeira presidencial, terá muito problemas pela frente.” "Vamos fazer uma política diferente. Tendo a verdade e a sinceridade, desbancamos candidatos que achavam que fazendo parceria ganhariam as eleições", completou.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo