Casal é preso após ser impedido de tirar foto da filha com urna

Por Metro Jornal

Um casal foi preso neste domingo (7) após agredir e ameaçar mesários em seção de Viamão, município do Rio Grande do Sul.

O caso ocorreu após a mulher tentar levar a filha de 11 anos para a cabine de votação, o que é proibido pela Justiça Eleitoral. Segundo o portal Zero Hora, mesários relataram que ela queria tirar uma foto da menina com a urna eletrônica – também proibido.

Leia mais:
Eleitor destrói urna com marreta em Santa Catarina
Grupo de eleitores em SP alega que urna não registrou votos para presidente

Os mesários se recusaram a liberar a urna eletrônica para o voto até que a mulher atendesse às regras. Ela então derrubou os equipamentos de identificação da seção e ameaçou os funcionários. Depois, segundo a Brigada Militar, o seu marido agrediu o presidente da mesa, puxando-o pelo crachá.

Os dois foram conduzidos pela Brigada Militar para um Fórum da cidade, onde prestaram depoimento.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo