Eleições 2018: passo a passo na urna

Por Metro Jornal

Identificação

Apresente-se ao mesário de sua seção eleitoral com o título de eleitor e um documento com foto em mãos. Para quem cadastrou a biometria, é possível substituir documentos pelo e-Título e fazer a identificação usando os dedos indicadores ou polegares, sem necessidade de assinar o Caderno de Votação. Quem não tiver cadastrado a biometria deve assinar o caderno. Assim que a identificação for concluída, aguarde autorização do mesário para poder votar. Não se esqueça de deixar celular e aparelhos eletrônicos com o mesário antes de ir à cabine de votação.

Como votar

Esta é a ordem de votação:

1º Deputado federal: quatro números.

2º Deputado estadual: cinco números

3º Senador 1: três números

4º Senador 2: três números

5º Governador: dois números

6º Presidente: dois números

Tecle o número do seu candidato, confira se os dados e a foto dele aparecem corretamente na tela e aperte a tecla “CONFIRMA”. Em caso de erro, use a tecla “CORRIGE” e refaça a operação do último voto. Não é possível votar duas vezes no mesmo candidato ao Senado. Se isso ocorrer, o segundo voto será anulado. Se você quiser votar só na legenda (atenção: vale somente para deputados), digite o número do partido e aperte “CONFIRMA”.

Como anular

Digite um número que não seja de nenhum candidato (Ex.: 00000) e pressione “CONFIRMA”. Para votar em branco basta apertar “BRANCO”. Votos brancos e nulos não são contabilizados como válidos.

Finalizando

Depois do voto para presidente, aparecerá a mensagem “FIM” na urna. Aí é só deixar a cabine de votação e pegar de volta o seu celular com o mesário.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo