Debate: Boulos volta a relacionar Alckmin e o PSDB ao governo Temer

Por Estadão Conteúdo

Em sua segunda pergunta a Geraldo Alckmin (PSDB), o candidato do PSOL, Guilherme Boulos, voltou a relacioná-lo com o governo do presidente Michel Temer (MDB) ao abordar o presidenciável sobre custo-Brasil. O psolista questionou o conceito lembrando que existem muitos incentivos fiscais a grandes empresários concedidos pelo governo federal e afirmou que apenas o governo de São Paulo concedeu R$ 15 bilhões em "bolsa-empresário" no Estado, mais do que se gasta com as universidades estaduais.

Em sua resposta, Alckmin reiterou que a reforma trabalhista não retira direitos do trabalhador e disse que vai trabalhar pela reforma tributária, que pode ajudar a mitigar o problema do custo-Brasil e lembrou que seu governo em São Paulo teve superávit fiscal investindo em obras e até reduzindo tributos sobre produtos como o ICMS do pão, macarrão e bolachas sem recheio. O tucano disse ainda que vai caminhar com novas estatizações e lembrou que apenas o PT criou 43 estatais.

"Vou trabalhar para não eleger nem o PT nem o Bolsonaro. Nenhum dos dois vai resolver a crise ou o custo-Brasil", disse Alckmin.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo