Homem que matou filha que o acusou de estupro segue foragido

Por BandNews FM

Continua foragido Horácio Nazareno Lucas, de 28 anos, acusado de matar, a facadas, a filha, Letícia Tanzi Lucas, de 13 anos, em São Roque, interior paulista, na madrugada de quarta-feira (3).

Ao ser detido após o estupro da cunhada, crime ocorrido em 2012, o acusado foi liberado pela Justiça para esperar o julgamento em liberdade, pois era réu primário, tinha residência fixa e emprego lícito – trabalha como caseiro.

O suspeito acabou preso novamente após não ser encontrado em sua casa para receber a condenação, infringindo uma das exigências judiciais. Segundo o TJ-SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo), ele conseguiu provar que não havia fugido e que sempre se apresentou quando fora intimado a comparecer perante o juiz, motivos pelo qual foi solto novamente.

Livre, Lucas foi até a casa onde residia e atacou a Letícia, após exigir que a garota retirasse uma segunda queixa de estupro, cuja vítima tinha sido a própria filha – ela denunciou o pai após ele ser preso pela segunda vez.

A Justiça afirma que a filha de Horácio, que havia denunciado o pai posteriormente, não era parte no processo que apurou o crime de estupro da cunhada dele.

Antes de esfaquear a filha, o criminoso espancou a esposa, que conseguiu fugir para a casa da vizinha, e trancou no quarto o filho, de 6 anos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo