Eleições 2018: onde eu voto? TSE e Google facilitam consulta de local de votação

Por Metro Jornal

O primeiro turno das eleições que vão eleger novos senadores, deputados federais e estaduais, governadores e presidente acontece neste domingo (7). Neste momento, eleitores de todo o Brasil deverão se dirigir aos colégios eleitorais para votar na seção designada conforme o título de eleitor.

Muitos brasileiros, porém, enfrentam o problema de perder o documento emitido pela Justiça Eleitoral. E por mais que muitos se lembrem do endereço de votação, é comum ter dúvidas sobre a seção determinada.

Leia mais:
Faça download e imprima a cola para votar neste domingo
O que você precisa saber para o dia da votação

onde eu voto google Ferramenta pede apenas três dados para confirmar informações do eleitor / Google

Para que o eleitor não passe muito tempo procurando seu nome nas grandes listas que costumam ser impressas e disponíveis nos colégios eleitorais, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) desenvolveu um sistema de pesquisa online direto pelo Google.

A ferramenta pode ser acessada ao pesquisar "onde eu voto" no buscador. O usuário deve então inserir três dados: nome completo (ou número do título de eleitor), data de nascimento e nome completo da mãe.

O site então fornece informações sobre a zona e a seção do eleitor, além de disponibilizar o nome do colégio eleitoral, seu endereço e um atalho que direciona o usuário ao Google Maps, mostrando o melhor caminho até o local de votação – seja de transporte privado ou público.

O TSE fornece o sistema de busca também pelo seu site oficial ou pelo aplicativo e-Título – disponível apenas para os eleitores que tiverem feito o cadastro biométrico.

Documentos obrigatórios

A apresentação do título de eleitor no ato do voto não é obrigatória. Para votar, porém, é preciso apresentar documento com foto (RG, CNH, carteira de trabalho ou passaporte). O aplicativo para smartphones e-Título também pode ser utilizado.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo