Museu Nacional deve ser reaberto em 3 anos

Por BAND.COM.BR

Em três anos, o Museu Nacional, no Rio de Janeiro, deve ser reaberto para visitação. A expectativa otimista do diretor da instituição, Alexander Kellner, foi anunciada ontem, no dia em que o incêndio que atingiu o local completou um mês.

Para marcar a data, funcionários, pesquisadores e alunos da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) – mantenedora do museu – deram um abraço simbólico ao redor do palácio da Quinta da Boa Vista, que abrigou a família imperial brasileira.

A reconstrução do espaço exigirá mais dinheiro e tempo. A estimativa, segundo Kellner, é de que as obras consumam até R$ 100 milhões. A direção da instituição pretende incluir o valor entre R$ 50 milhões e R$ 100 milhões no Orçamento da União de 2019. “Estamos junto ao Congresso vendo a possibilidade de uma dotação orçamentária que seja impositiva e nos permita pelo menos fazer uma primeira obra de infraestrutura.”

O diretor afirmou que é preciso celeridade para iniciar o resgate do acervo – 90% de um total de 20 milhões de itens foram queimados. “Cada dia que passa, temos danos ao acervo. Mas esse é um processo complexo, é preciso dar segurança para que as pessoas possam entrar e, de uma forma sistemática, coletar o material”, disse Kellner.

Apesar de o incêndio ter ocorrido há um mês, as obras de reforço da estrutura começaram há apenas uma semana e a previsão é de que sejam concluídas em seis meses. Mas pesquisadores devem entrar no museu antes disso: um grupo de oito técnicos da instituição vai atuar com a empresa responsável pelas intervenções emergenciais na busca de peças que tenham resistido ao fogo. A verba do Ministério da Educação para as obras, de quase R$ 9 milhões, foi liberada há dez dias.

Representantes do Instituto Brasileiro de Museus e do Corpo de Bombeiros se reuniram para discutir a adequação de outros 16 museus no Rio para evitar novas tragédias.

O Museu Nacional recebia 17 mil alunos por ano. Agora, uma campanha de financiamento coletivo quer manter viva a sua memória, preservando a parceria entre pesquisadores e escolas. O link para doações é: benfeitoria.com/museunacional.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo