Blocos terão de se dispersar até 20h no Carnaval de rua de SP

Por Metro Jornal

O Carnaval de rua 2019 já tem as datas de pré – 23 e 24 de fevereiro– e pós –9 e 10 de março– para desfile de blocos e cordões, além do próprio período de folia entre 2 e 5 de março. As regras para os desfiles nas ruas, publicadas ontem no Diário Oficial, preveem que os blocos terão de se dispersar até as 20h e aqueles com mais foliões precisarão ter mais estrutura assegurada.

As inscrições para os blocos começaram ontem e vão até 19 de outubro, pelo site inscricaodeblocos.prefeitura.sp.gov.br.

Os interessados devem descrever por qual trajeto, dias e horários querem desfilar.

Neste Carnaval, a prefeitura criou a categoria de bloco comunitário, para os que tenham até 4 mil foliões e ao menos três anos de existência. Aqueles que pedirem para ser incluídos nessa categoria e forem aprovados terão apoio de carro de som e ambulância por parte da empresa que patrocinar a folia.

Os blocos com previsão de mais de 5 mil pessoas precisarão ter equipe com um bombeiro civil, dois seguranças e produção com no mínimo três pessoas. No caso de agremiações com mais de 10 mil pessoas, a equipe deve ter dois bombeiros, quatro seguranças e cinco pessoas na produção. Blocos com mais de 15 mil pessoas precisarão apresentar plano de operação para o desfile, incluindo segurança, resgate, isolamento e orientação de público.

Trios elétricos com mais de 4,2 metros de altura só serão autorizados em vias com mais de 7,2 metros de largura.

Mas ainda não está definido, segundo a Secretaria das Subprefeituras, se a avenida 23 de Maio será incluída no roteiro de 2019. De acordo com a pasta, após a inscrição é que os trajetos sugeridos serão analisados, assim como a estrutura e se é viável a organização como pedido.  

 

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo