Portabilidade de conta-salário supera 443 mil pedidos após novas regras

Por Metro Jornal

A portabilidade de conta-salário somou mais de 443 mil pedidos, em três meses de novas regras, segundo o Banco Central.

Desde a entrada em vigor das novas regras para a portabilidade salarial, em 1º de julho, os clientes podem solicitar a mudança diretamente na instituição em que desejam receber a remuneração. O banco se encarrega de pedir a portabilidade à instituição que detém a folha de pagamento.

Leia mais:
Orçamento da Prefeitura de São Paulo em 2019 será de R$ 60 bilhões
Programas econômicos dos presidenciáveis não permitem enfrentar desafios do Brasil, diz especialista francês

No modelo antigo, o cliente precisava fazer pessoalmente o pedido de transferência do salário à instituição financeira detentora da conta-salário. Hoje ele tem as duas opções para solicitar a portabilidade.

Dos 443 mil pedidos, mais da metade foram aprovados. Segundo o BC, muitos deles não são aprovados por desistência do próprio cliente, em função de melhores condições ofertadas pela instituição detentora da conta-salário.

O pedido de portabilidade só pode ser recusado se houver algum erro no procedimento de solicitação – como um dado pessoal incorreto – ou desistência do cliente. Caso contrário, não pode ser recusado.

portabilidade - arte
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo