Dois policiais são mortos em menos de 48 horas em São Paulo

Por METRO e Rádio Bandeirantes

Dois policiais civis foram mortos em menos de 48 horas na cidade de São Paulo. No último caso, o agente de telecomunicações Edson Paulino teve o carro invadido por ladrões quando chegava em casa, no Jardim Monte Kemel (zona oeste), na tarde de quarta.

Os assaltantes atiraram contra o policial do 89º DP, no Morumbi (zona oeste), que chegou a ser levado ao Hospital Universitário. O carro foi encontrado horas depois em um bairro vizinho. Segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública), dois envolvidos foram presos.

O outro caso ocorreu na noite de segunda, quando o policial Salvador Gonçalves Neto, 53 anos, foi morto na saída de um pet shop, onde havia ido comprar ração para a cachorra adotada por ele e colegas que trabalhavam no 55º DP, no Parque São Rafael (zona leste).

O principal suspeito do crime é um rapaz de 18 anos que tem 17 passagens pela polícia e, em ao menos dez, foi detido por Gonçalves Neto. Ele o teria reconhecido e atirou duas vezes no peito do agente. A polícia investiga o caso.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo