Recém-formados não sabem medir pressão, diz relatório do Cremesp

Por Metro Jornal

Relatório do Cremesp (Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo) revelou que, entre os médicos recém-formados que realizaram exame do conselho neste ano, a maioria não soube responder corretamente questões básicas de medicina sobre, por exemplo, aferição da pressão arterial. O índice de erro foi de 69%.

Também são citados no relatório alto número de falhas em perguntas sobre condutas no atendimento inicial a vítimas de trânsito (86%) e a pacientes com infarto no miocárdio (68%), e também sobre o agente causador da Doença de Chagas (44%).

O relatório mostra que 61% dos participantes foram aprovados no exame – número menor que no ano passado (64%). O melhor desempenho foi entre estudantes de universidades públicas, com 81% de aprovação, contra 53% das particulares.  


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo